Notas

Nota de apoio ao Secretário de Assuntos de Soberania e Cidadania (SASC) e Vice-presidente da Associação dos diplomatas brasileiros (ADB/Sindical)

Nota de apoio ao Secretário de Assuntos de Soberania e Cidadania (SASC) e Vice-presidente da Associação dos diplomatas brasileiros (ADB/Sindical)

A ADB Sindical e os seus 1600 integrantes tomaram conhecimento ao final da tarde de ontem (15) da rejeição, por parte do Senado Federal, da indicação do Embaixador Fabio Mendes Marzano para ocupar o cargo de Representante Permanente da Missão do Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra.
Ao reconhecer e respeitar a soberania e o empenho do Senado Federal na realização das sabatinas, por um dever de justiça, a ADB Sindical não pode, na mesma medida, se furtar a destacar a relevância da atuação do diplomata Fábio Marzano para a carreira diplomática brasileira e, consequentemente, para o Brasil.

Ao manifestar seu total e irrestrito apoio ao Secretário de Assuntos de Soberania e Cidadania (SASC) do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Embaixador Fábio Mendes Marzano, a ADB/Sindical sublinha o gesto de cuidado e profissionalismo do Embaixador que não quis desrespeitar os senadores presentes à sabatina e ignorar a tradição diplomática brasileira. Teria negligenciado ambos, caso respondesse a temas não pertinentes à sua atual e futura competência. No MRE as designações de Embaixadores para representações no exterior respeitam delimitações funcionais e hierárquicas. Um diplomata opina e se manifesta sobre os temas sobre os quais tem responsabilidade, na qualidade de representante, negociador e profissional capacitado para colher e difundir informações da mais alta qualidade. É nesse espírito que - durante os meses que precedem as sabatinas - os embaixadores estudam com muito afinco as matérias de que se ocuparão no exterior. É com essa deferência que se apresentam diante dos integrantes da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado Federal.

Lamentamos que os senadores não tenham tido a oportunidade de conhecer melhor o diplomata, cuja indicação recusaram. O Embaixador Marzano destacou-se, recentemente, na criação e coordenação do Gabinete Consular de Crise (G-CON), responsável por todo o exaustivo processo de assistência e repatriação a brasileiros moradores e viajantes afetados pela pandemia do novo coronavírus no exterior. Mais de 40 mil nacionais foram repatriados com a decisiva atuação de Marzano na Secretaria de Assuntos de Soberania Nacional e Cidadania do Itamaraty. Sua exitosa atuação foi o resultado de longa experiência adquirida em 32 anos de carreira, nas Embaixadas do Brasil em Madri, Lima, Caracas, Washington, na Delegação do Brasil junto à Unesco e nas chefias de cargos estratégicos que ocupou em Brasília.

Na condição de entidade representativa da classe, a ADB/Sindical reafirma a alta relevância das atividades da diplomacia brasileira e reitera a crença na busca constante pelo diálogo e pela reafirmação dos valores das democracias contemporâneas compartilhados com o Senado Federal.

Embaixadora Maria Celina de Azevedo Rodrigues
Presidente

ADB NEWSLETTER

Inscreva-se e acompanhe as novidades e notícias da Associação e do Sindicato

SEDE:

Esplanada dos Ministérios, Bl. H, Anexo I, Sala 335 A, CEP: 70.170-900 | Brasília|DF

FONE:

(61) 3224.8022 | 2030.6950 | 3322.0504 | 99409.5764

ENCARREGADAS DE DADOS ADB: Jacqueline Cruz | Danielle Sabiá

Alto Contraste