Notícias

ADB Sindical apresenta proposta de reajuste salarial para diplomatas em mesa de negociação

ADB Sindical apresenta proposta de reajuste salarial para diplomatas em mesa de negociação

Brasília, 13 de junho de 2024 – Hoje, a ADB Sindical, representada pelo diretor parlamentar Rodrigo Estrela e pelo diretor financeiro Raul Torres Branco, participou da instalação da mesa de negociação salarial sobre a carreira de diplomatas no Ministério da Gestão e Inovação nos Serviços Públicos (MGI). Durante a reunião, foi apresentada uma proposta de reajuste que visa recolocar a carreira diplomática no mesmo patamar salarial das carreiras de Estado, como Delegados da Polícia Federal, Auditores da Receita Federal e Advogados da União. 

A proposta apresentada pela ADB Sindical prevê um reajuste dividido em duas etapas: um aumento de 28,6% em 2025, seguido de um aumento de 8,3% em 2026. Esta medida busca alinhar os salários dos diplomatas aos níveis observados entre 2006 e 2010, durante o segundo governo Lula, quando as carreiras mencionadas tinham uma equivalência salarial. Desde então, houve um descolamento, e a ADB Sindical acredita que é crucial retomar essa paridade para valorizar e fortalecer a carreira diplomática.

A reunião foi considerada positiva pela ADB Sindical, com o MGI demonstrando interesse não apenas em discutir a questão salarial, mas também em promover uma reforma na carreira diplomática. O MGI, por meio de sua Secretaria de Relações de Trabalho, expressou a necessidade de aproximar a estrutura da carreira diplomática aos padrões das demais carreiras de alto escalão, buscando maior previsibilidade e transparência na progressão e promoção dos diplomatas. A administração do MRE, representada pelo secretário de Gestão Administrativa, e pela diretora do Departamento do Serviço Exterior, também participou ativamente da reunião, destacando a necessidade de manter a atratividade de carreira que detém grande responsabilidade e possui longo e contínuo processo de formação. Foi ressaltado por todos, ainda, a necessidade de manter a motivação do reduzido corpo de funcionários, diante de robusta agenda externa do Brasil neste e no próximo ano, que inclui a presidência do G20, do BRICS e do MERCOSUL, além da realização da COP-30.

Esta abordagem está em consonância com o projeto de reforma da carreira defendido pela nova direção da ADB Sindical, em parceria com o Sindicato dos Servidores do Itamaraty (SindItamaraty). Ambos sindicatos têm trabalhado para propor um plano de readequação salarial que atenda às demandas dos diplomatas e promova uma carreira mais alinhada com as expectativas de funcionalismo público de alta qualificação.

 A ADB Sindical agora aguarda uma contraproposta por parte do MGI, na esperança de que o aumento proposto seja aceito ou que, pelo menos, se aproxime do solicitado. Caso contrário, a entidade está preparada para avançar para uma nova etapa de mobilização e busca por um acordo justo que valorize a carreira diplomática e seus profissionais.

Para mais informações, acompanhe as atualizações no site e nas redes sociais da ADB Sindical e fique por dentro dos próximos passos na negociação salarial.

Confira o depoimento do diretor Raul Torres Branco sobre a mesa.

 

Conheça a íntegra da proposta apresentada ao MGI. CLIQUE AQUICLIQUE AQUI

ADB NEWSLETTER

Inscreva-se e acompanhe as novidades e notícias da Associação e do Sindicato

SEDE:

Esplanada dos Ministérios, Bl. H, Anexo I, Sala 335 A, CEP: 70.170-900 | Brasília|DF

FONE:

(61) 3224.8022 | 2030.6950 | 3322.0504 | 99409.5764

ENCARREGADAS DE DADOS ADB: Jacqueline Cruz | Danielle Sabiá

Alto Contraste